Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT+ abre indicações e traz novidades


Realizado e organizado pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOLGBT-SP), o 21º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT+ está com as indicações abertas até dia 25 de setembro, por meio deste link: https://bit.ly/premiolgbtmais. Qualquer pessoa pode fazer sugestões para as oito das dez categorias da premiação, uma das mais tradicionais do país. 

É possível fazer até três indicações para concorrer ao prêmio em AudiovisualArtes CênicasLiteraturaDigital InfluencerPersonalidade AliadaEsportesImprensa e Tema do Ano, essa última relacionada ao tema da Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo que, nesta edição, foi “Vote com Orgulho – por uma Política que Representa”. No link destacado acima, também estão explicadas as diretrizes para cada indicação. As três menções mais indicadas de cada categoria vão para votação popular em outubro. 

A premiação vem com algumas novidades este ano, a começar pela comunicação visual, que traz um conceito de explosão de cores e movimentos que remetem às cores da bandeira do orgulho LGBT+. Nela, cada cor tem sua representatividade, com stickers temáticos ligados às categorias e ícones da comunidade, com uma linguagem mais atual e conectada com as redes sociais.

Outra novidade está nas categorias Empresa e Campanha Publicitária, que não estão no processo de indicação popular e passaram a ter suas comissões de júri, que vão avaliar as indicações feitas por empresas e agências de publicidade antes de passarem para a votação popular, também em outubro.  

Fazem parte da comissão de júri da categoria Empresa o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+Rede do OrgulhoGreat Place to WorkInstituto Ethos e a Dow Brasil, premiada em 2021.

A comissão de júri de Campanha Publicitária é composta por representantes do mercado publicitário, como a agência FOMEPapel & CanecaObservatório da Diversidade na PropagandaAssociação dos Profissionais de PropagandaClube de Criação e Influxo&Co

A última novidade é o local da cerimônia de premiação, que será realizada no MASP, e a data – que usualmente é marcada em junho, na semana da Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo -, e neste ano foi transferida para o dia 3 de dezembro. “Essas mudanças são significativas. Trazer o Prêmio para o MASP tem uma simbologia muito grande para nós porque está no mesmo espaço geográfico da Parada. Ao mesmo tempo, tiramos do meio para o final do ano como uma estratégia de darmos mais relevância à premiação. Tudo isso só reforça os valores do Prêmio na luta e reconhecimento por mais respeito à diversidade e inclusão”, diz Claudia Garcia, presidente da APOLGBT-SP. 

Apesar de a APOLGBT-SP ficar na cidade de São Paulo, o Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT+ é de âmbito nacional. Portanto, indicações de qualquer parte do país são bem-vindas.

Sobre a Parada LGBT de São Paulo 

A Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOLGBT-SP) é uma Organização Não Governamental (ONG), sem fins lucrativos, fundada no ano de 1999. Detentora da marca Parada do Orgulho LGBT de São Paulo e outras marcas do orgulho. A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece desde 1997 na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo. 

Da ideia à execução foi construída coletivamente desde 1996. No mesmo ano, cerca de 500 pessoas se reuniram na Praça Roosevelt, no centro de São Paulo, para reivindicar direitos às pessoas LGBT+. A história foi construída a partir da vontade de diversas pessoas que tinham um objetivo em comum, lutar contra o preconceito, por mais respeito e reconhecimento da existência de orientações sexuais e identidades de gêneros diversos.

Parte das pessoas que participaram do encontro na Praça Roosevelt e da primeira Parada, na Avenida Paulista, fizeram parte da fundação da APOLGBT-SP. A partir de 1999, outros colaboradores também passaram a integrar a história da associação como voluntárias. 

A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo cresceu até tornar-se a maior Parada LGBT do mundo, e o maior ato político, amplificando as vozes da comunidade. Nesse processo de evolução, a APOLGBT-SP passou a realizar outros atos e eventos de militância para a comunidade LGBT. 

Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo 

Site: www.paradasp.org.br 



Fonte: Zona Suburbana.

Comentários Facebook