Parlux Fragrances é condenada a pagar a Jay-Z quase US$ 7 milhões em royalties


Jay-Z conseguiu mais uma vitória em seu processo com a Parlux Fragrances, que fez parceria com o rapper em 2013 para lançar sua colônia “Gold Jay-Z”.

O New York Post relata que o juiz da Suprema Corte de Manhattan, Andrew Borrok, ordenou na quinta-feira que a empresa de perfumes pague ao rapper US $ 6,78 milhões em royalties não pagos, incluindo juros.

Fomos premiados e receberemos o dinheiro como deveríamos”, disse o advogado de Jay, Alex Spiro, ao veículo.

Parlux interpôs recurso da decisão de Borrok.

A notícia chega seis meses depois que um tribunal de apelação determinou que Hov tinha direito a receber US$ 4,5 milhões em royalties da Parlux, determinando que Jay e sua empresa tinham “direito a um julgamento sumário em sua reconvenção de royalties”. 

Em novembro, um júri de Manhattan inocentou Jay em seu julgamento com Parlux, depois que os jurados descobriram que o magnata do hip-hop não era responsável pelos US$ 67,6 milhões em danos solicitados. O júri também rejeitou a ação de cerca de US$ 6 milhões de Hov sobre royalties não pagos.

Você falhou em provar seu caso, eles falharam em provar seu caso”, disse Borrok.





Fonte: Zona Suburbana.

Comentários Facebook