“Liberdade Pra Sonhar”: reúne a soul music de Hyldon com o rap do grupo 509-E


O cantor e compositor Hyldon é um dos fundadores da soul music no Brasil e é admirado pelas gerações mais novas da música negra – incluindo aí grandes nomes do rap nacional. O 509-E é um deles, formado na penitenciária do Carandiru, em São Paulo, com mais de 20 anos de trajetória e dois discos incluídos na galeria dos melhores da black music. A união desses nomes resultou na música “Liberdade Pra Sonhar”, que tem lançamento nas plataformas de áudio com clipe marcados para o dia 19 de agosto.

A música proporciona encontros incríveis de gerações e nos dá a ‘Liberdade Pra Sonhar’, tema escolhido por Hyldon, mestre da soul music brasileira”, afirma Afro-X, que forma o grupo com seu irmão, Bad, também com grande trajetória no rap nacional. “Nosso novo single tem batidas e guitarras fazendo essa junção da soul com o rap. A música já nasceu com ares de clássico!”, comemora Afro-X.

Quando recebi o convite, logo veio a lembrança do massacre do Carandiru – minha música com Alex Malheiros (Azymuth), ‘Homem Pássaro’, fez parte da trilha do filme dirigido por Hector Babenco. Achei que seria o momento de fazer uma abordagem desse episódio macabro”, conta Hyldon. “Sempre admirei o médico Dráuzio Varella e as histórias que ele viveu lá. No processo de composição, isso tomou forma e virou personagem da canção”, completa o compositor.

A produção de “Liberdade Pra Sonhar” foi dividida em: A parte do rap foi gravada em São Paulo e a de Hyldon no Rio de Janeiro. O clipe foi gravado em São Bernardo do Campo, quando Hyldon, Bad e Afro-X se conheceram pessoalmente: “Deu liga! Passamos um dia super produtivo e em alto astral com uma equipe super afinada. Acredito que a música toque os corações e que há que se ter ‘Liberdade para sonhar’”, finaliza Hyldon.



Fonte: Zona Suburbana.

Comentários Facebook