Jay-Z, Kanye West e Diddy, supostamente estariam com suas dívidas perdoadas


JAY-Z, Kanye West e Diddy se encontram entre os indivíduos mais ricos do Hip Hop, e agora também podem se considerar entre várias celebridades que não terão que pagar ao governo federal pelos empréstimos do Paycheck Protection Program.

De acordo com o The Daily Mail, o trio conseguiu um total de US$ 6,3 milhões em empréstimos PPP para ajudar a garantir 335 empregos entre suas várias empresas. Diddy pediu US$ 1.929.252 para sua empresa Revolt Media, Ye um pouco mais, US$ 2.363.585 para sua empresa Yeezy LLC, enquanto Hov pegou US$ 2.399.517 para duas empresas, Tidal e Armand De Brignac Holdings. De acordo com a ProPublica, o status do empréstimo da Yeezynão é divulgado”, apesar da linha de tênis Yeezy aumentar os lucros durante a pandemia, de US$ 1,3 bilhão em 2020 para US$ 1,7 bilhão em 2021, um aumento de 31%.

Programa de Proteção de Pagamento foi oferecido para pequenas empresas para ajudar a manter os funcionários à tona durante o auge da pandemia do COVID-19. O programa terminou em 31 de maio de 2021, e os mutuários existentes são elegíveis para o programa de perdão de empréstimos, pois a economia começou lentamente a voltar aos níveis pré-pandemia.





Fonte: Zona Suburbana.

Comentários Facebook