Dadinho na Voz exalta o estilo de vida de quebrada em seu novo single “Cria da Norte”


O rapper Dadinho na Voz lança o single “Cria da Norte” com produção de DJ Chai nesta terça-feira, 16 de agosto. A música conta com mixagem e masterização de Kustor e é uma apresentação das origens do artista. O termo “cria”, assim como “maloqueiro”, era e ainda é usado de forma pejorativa para estigmatizar quem vem de regiões periféricas. Com a chegada do Trap o termo está sendo ressignificado, porém é muito associado aos artistas cariocas. “Cria da Norte” surge então para resgatar o orgulho paulistano de seu lugar de origem e pertencimento.

O single chega acompanhado por videoclipe no canal “Dadinho na Voz” no Youtube e está disponível em todas plataformas digitais. A obra foi realizada pela Labaco Produções, com direção e câmera de Alisson Suero, fotografia de Matheus Bolou e a parte de conteúdos em vídeo e making-off de Victor Amorim. Roteirizado em conjunto entre a equipe e o artista, o clipe foi gravado inteiramente na Zona Norte de São Paulo.

A obra introduz o público no dia-a-dia do MC da Vila Nova Cachoeirinha, dando destaque aos pontos conhecidos da região, como o Mirante de Santana e o Parque da Juventude (antigo Carandiru). O clipe ainda retrata diversas situações cotidianas de um cria, como por exemplo a perseguição policial diária, uma resenha com amigos e o clássico futebol de domingo.

Muito se fala sobre os subgêneros do Trap, como o Drill e o Plug, porém, Dadinho inovou ao chegar com o No Melody, vertente muito utilizada por artistas que são referência para o MC, como Stunna 4 Vegas, NLE Choppa e Dababy. Assim como o próprio nome indica, No Melody é um ritmo que não apresenta melodia, deixando mais espaço para a bateria e para a linha de 808, além de dar ênfase às rimas, que acabam se tornando a melodia da música em si. Dadinho na Voz busca se tornar referência nesse gênero. Como em “Fiz por Merecer” e em “Desde os 14”, Dadinho entrega mais uma vez um No Melody lotado de rimas para contar um pouco mais de sua história. 

Na música, o MC canta a mensagem de que é necessário correr atrás de seus sonhos, independente de quais sejam eles. “Você pode fazer o que você quiser! Você pode ser um M.C, um jogador de futebol ou um homem de negócios”, destaca o artista, a fim de expandir o horizonte dos jovens, que estão acostumados a ver o crime como uma das únicas saídas para alcançar o conforto financeiro. 

Em conversa com a nossa equipe, o MC contou suas motivações para escrever a letra. “Minha razão para escrever esse som, foi ver que a palavra”cria” virou um termo, de certa forma aliado  ao estilo de vida carioca. Eu acredito que essa palavra representa um sentimento que deve ser compartilhado por todos os moleques de quebrada do Brasil.” O artista complementa com uma reflexão. “Sair de baixo faz com que a conquista seja muito maior, por isso todos devem correr atrás do seu sonho para fazer com que ele se materialize. Nesse som mesmo fomos atrás de fazer tudo acontecer da melhor forma, mesmo com recursos muito reduzidos, e fizemos.”



Fonte: Zona Suburbana.

Comentários Facebook