“A Nossa Bossa”: NUNEZ se une a Jairzinho em single que mistura Rap, MPB e Samba


Após o lançamento de “Boemia de Fato” e “Paradoxo do Amor”, chega a vez de “A Nossa Bossa”, o último single que o cantor paulistano NUNEZ lança antes da chegada de seu álbum, em setembro. Disponível em todas as plataformas digitais, via ONErpm, a partir de 18 de agosto, a faixa conta com um feat muito especial: Jair Oliveira, ou Jairzinho – filho do mestre Jair Rodrigues, e um dos grandes nomes da música brasileira.

O single chega como uma saudação à música popular brasileira – na própria letra, diversos nomes são citados, como Caetano, Elis, Chico Buarque, Jorge Bem, Seu Jorge, Ana Carolina, e, claro, Jair Rodrigues. “Esses artistas fizeram e fazem parte da nossa história, são inspiração para mim e para diversos outros compositores. Quis aproveitar a presença do Jairzinho na música pra destacar a importância de valorizar nossas raízes, como país e, particularmente, como artista” destaca o cantor.

Apesar da participação de Jairzinho, a faixa foi inteiramente composta por NUNEZ. “Eu já conhecia o Jair, e quis apenas mandar uma composição minha, e, pra minha surpresa, ele adorou e topou gravar na hora, mexemos pouca coisa na letra, o que me deixou muito orgulhoso em todos os sentidos. É uma grande honra dividir as vozes com uma pessoa tão importante para a música brasileira”, afirma.

O NUNEZ é uma pessoa que conheço desde que ele é garoto e que sempre se interessou por música. “Nossa Bossa” é um som que gostei de ouvir, tem mistura de gêneros e elementos que ele carrega neste disco e que me impressionou muito. Além disso, é uma faixa que homenageia muitas pessoas importantes para a minha trajetória e formação como artista, por isso foi uma alegria imensa poder fazer parte desta empreitada”, conclui Jairzinho.

A Nossa Bossa” ainda é carregada de elementos musicais diferentes, como a melodia da bossa nova, o swing do samba, o flow do rap, e uma pitada do trap no beat, trazendo uma mescla de gerações e uma melodia alegre e bastante nostálgica, algo que se estende por todo o disco que chega no mês seguinte.



Fonte: Zona Suburbana.

Comentários Facebook